Ar-condicionado não está gelando o carro? Entenda as causas do problema

Ar-condicionado não está gelando o carro? Entenda as causas do problema

19 de outubro de 2018 0 Por Fábio Siqueira

Viver com um carro sem ar-condicionado no Brasil não é tarefa fácil. O clima tropical onde faz calor o ano inteiro deixa torna quase impossível uma viagem confortável sem esse item. Pior ainda é a situação de quem tem o sistema instalado no carro, mas o ar-condicionado não está gelando. O que pode estar acontecendo?

Os sistemas de ar-condicionado automotivos podem ter diversas configurações como os analógicos e os digitais. No entanto, seu funcionamento básico é bastante similar em quase todos os casos e identificar potencias problemas não é uma tarefa difícil.

No post de hoje, vamos apresentar os principais problemas que podem levar ao ar-condicionado não estar gelando corretamente e como você deve proceder para sanar de vez o problema. Vamos começar?

Como funciona o ar-condicionado automotivo?

sistema do ar-condicionado

Para entender as raízes do problema que levam ao mau funcionamento do ar-condicionado, primeiro precisamos entender como um sistema de ar-condicionado para carros funciona. Na verdade, seu funcionamento é bem simples e se baseia nos mesmos princípios da geladeira para diminuir a temperatura do ar.

O ar-condicionado utiliza a evaporação de um fluído refrigerante para realizar uma troca de temperatura e fornecer o ar frio dentro da cabine do veículo. O fluído refrigerante utilizado é geralmente o Fréon, formado por vários fluocarbonos e que contém propriedades refrigerantes. Esses líquidos não são inflamáveis e também podem ser utilizados nos aerosóis.

ar condicionado não está gelando diagrama

Esse diagrama mostra como acontece a troca de calor através do fluído refrigerante.

Explicando basicamente, o ciclo de refrigeração de um ar-condicionado automotivo funciona da seguinte maneira:

  1. O compressor (tocado pelo motor do carro) comprime o gás frio a uma pressão muito alta para que ele se torne gás quente (a parte em vermelho do nosso diagrama);
  2. O gás quente é enviado a um trocador de calor, onde o calor será dissipado até o gás perder a temperatura e condensar-se novamente em forma de líquido;
  3. O líquido passa por uma válvula de expansão, se vaporizando para tornar-se novamente gás frio com baixa pressão;
  4. O gás frio então passa pelo trocador de calor, permitindo que ele absorva o calor e esfrie o ar dentro do veículo e completando o ciclo de refrigeração.

Em alguns casos, o fluído refrigerante também pode conter uma pequena quantidade de óleo especial para lubrificar o compressor. No entanto, pode existir lubrificação adicional externa nos veículos.

Quando o ar-condicionado automotivo não gela, qual pode ser o problema?

Apesar de possuir uma lógica de funcionamento simples, os sistemas de ar-condicionado podem apresentar configurações bastante complexas debaixo do capô. Isso tem muito mais a ver com o layout escolhido pela montadora do que com a complexidade do sistema em si, mas que pode deixar o trabalho mais ou menos complicado de fazer.

Assim, existem alguns problemas que você mesmo pode ser capaz de fazer, mas outros somente um especialista em manutenção automotiva, com o ferramental e conhecimento certos para encontrar e solucionar o defeito. Porém, você pode identificá-los na garagem da sua casa, baste seguir o nosso checklist. Confira!

1. Verifique o filtro do ar-condicionado

filtro do ar-condicionado

O primeiro passo é verificar em que estado o filtro do ar-condicionado se encontra. Além dele ser o responsável por garantir a qualidade do ar no interior do veículo, é ele também um dos vilões ocultos do mau funcionamento do sistema de refrigeração da cabine.

Qual o filtro do ar-condicionado está muito sujo ou até entupido, o fluxo de ar gelado para dentro do carro vai ficar muito menor e não irá resfriar a cabine. Por isso, é bom fica de olho periodicamente no filtro de ar para realizar limpezas e até trocas, que podem ser bem simples dependendo do modelo.

Consulte o manual do proprietário para saber a recomendação de troca e o modelo do filtro de ar do seu veículo para realizar essa manutenção em casa. Mas, se você preferir, pode também levar o carro até um profissional especializado para fazer o serviço, já que a mão de obra nesse caso costuma ser barata.

2. Verifique o compressor do ar-condicionado

compressor do ar-condicionado

Como a gente já explicou no diagrama, para funcionar, o ar-condicionado precisa do compressor para dar início ao ciclo de refrigeração. Sem ele, resfriar o ar no interior do veículo seria praticamente impossível (mesmo os carros elétricos contam com uma variante do compressor que é totalmente elétrico, que também está presente em alguns modelos com motores convencionais.

Se o fluxo de ar no sistema — e na cabine — está normal, mas mesmo assim o ar não está gelando, pode ser algum problema no ciclo de compressão do fluído refrigerante como abordamos acima. Esse problema pode ser ocasionado por diversas falhas como:

  • Vazamento nas mangueiras ou válvulas do compressor;
  • Correia do compressor quebrada, faltante ou patinando;
  • Polia do compressor mal dimensionada;
  • Falta de lubrificação no compressor.

Com exceção dos problemas relacionados à correia e à polia, que podem ser identificados visualmente ou até mesmo pelo ouvido do motorista (aquele som de carro patinando quando você acelera o motor, mesmo com ele desengatado), os demais defeitos podem ser mais difíceis de diagnosticar sozinho. Nesses casos, procure sempre um especialista.

3. Verifique se o gás do ar-condicionado está vazando

gás do ar-condicionado

Um problema bastante comum também é o vazamento do gás do ar-condicionado. O sistema automotivo conta com inúmeras mangueiras, dutos e conexões que estão sempre submetidas a trepidações e solavancos que podem comprometer a circulação do gás, fazendo o ar-condicionado parar de gelar.

Sem o gás refrigerante ou com pouca pressão o sistema não é capaz de realizar a troca de calor adequadamente, deixando aquela sensação conhecida por muitos na cabine do carro: nas saídas de ar o fluxo está um pouco gelado, mas quando circula na cabine logo perde a força e volta a fazer calor de novo.

O gás do ar-condicionado pode ser trocado e reabastecido em oficinas especializadas, portanto se todo o gás eventualmente escapar, ainda é possível restabelecer o sistema. Agora, identificar o vazamento pode ser uma tarefa bastante trabalhosa…

Para as mangueiras e conexões de fácil acesso, que estão à vista do proprietário, basta utilizar um pouco de água e sabão para detectar os pontos onde existe o vazamento do gás (o sabão começará a “borbulhar” onde existe vazamento). Porém, o layout de montagem pode ser mais complexo e nem todas as mangueiras e dutos ficarem visíveis ou de fácil acesso. Nesses casos, prefira levar o carro até um especialista.

4. Verifique se existe algum problema elétrico no ar-condicionado

botão do ar-condicionado

As falhas elétricas são bastante comuns no sistema de ventilação do veículo, mas costumam ser ignoradas mesmo assim. Os problemas elétricos geralmente estão relacionados à interface do motorista com o sistema de ar-condicionado automotivo, nos botões, alavancas e tudo o que você usa para ligar e regular o ar no painel do carro.

Se existe alguma falha nesses botões, o sistema simplesmente não é acionado ou passa a funcionar parcialmente. Também pode acontecer o problema mais básico de todos: as ventoinhas internas, responsáveis pela circulação do ar-condicionado na cabine do carro, podem estar queimadas ou operando abaixo da velocidade necessária.

Esses problemas só podem ser resolvidos por um profissional especializado, já que podem requerer a desmontagem completa do painel de instrumentos do veículo e reparos nos circuitos e sistemas elétricos adjacentes do ar-condicionado.

5. Verifique o radiador do ar-condicionado, as ventoinhas e outros

Existem muitos outros componentes envolvidos no sistema de ar-condicionado veicular. Por isso, é preciso também ficar de olho neles para garantir que eles estejam funcionando corretamente e evitar o efeito bola de neve quando um problema acontecer.

Radiador do ar-condicionado

radiador do ar-condicionado

O ar-condicionado conta com um radiador separado para ajudar no processo de troca de calor. Ele é bem menor que o radiador do sistema de arrefecimento e costuma estar posicionado abaixo ou até mesmo na frente do principal.

O princípio para cuidado desse radiador é o mesmo do sistema de arrefecimento do veículo: ele precisa estar limpo, tanto na colmeia, quanto na tubulação. Faça a verificação externa que é mais fácil e, se precisar de um diagnóstico mais completo, procure uma oficina mecânica.

Ventoinha do ar-condicionado

ventoinha do ar-condicionado

Alguns carros podem contar com ventoinhas exclusivas para o radiador do ar-condicionado. Portanto, fique de olho nelas para notar algum mau funcionamento que possa estar prejudicando o sistema fazendo o ar-condicionado parar de gelar.

Na maioria dos carros, porém, não existe ventoinha exclusiva para o radiador do ar, sendo ela compartilhada pelo fluxo das ventoinhas principais do sistema de arrefecimento do carro.

Fusível do ar-condicionado

fusível do ar-condicionado

Lembra que a gente falou das falhas elétricas no ar-condicionado? Pois bem, eles também podem acontecer no painel de fusíveis do carro. Mas, nesse caso, ela é mais simples de resolver: quando o sistema elétrico percebe uma sobrecarga elétrica no sistema do ar, o fusível queima, protegendo o sistema de uma falha ainda maior.

Com o fusível do ar-condicionado queimado ele não irá funcionar até que a troca seja feita, mas ela é bem simples. Basta consultar o manual do proprietário para descobrir sua posição e dimensionamento para realizar a troca.

Sistema de controle da marcha lenta

marcha lenta do ar-condicionado

Outro problema que pode cruzar o seu caminho é o seguinte: quando você liga o ar-condicionado, o carro afoga. Isso acontece quando existe algum problema com o sistema que controla a marcha lenta do veículo (em alguns carros é uma válvula, em outros um sistema eletrônico), já que o compressor acionado é uma carga adicional para o motor, exigindo mais força e fazendo a rotação cair.

Quando esse sistema não funciona, o carro simplesmente irá afogar na marcha lenta, já que não há aceleração suficiente para fazer girar todo o sistema, obrigando o motorista a controlar a aceleração no pedal para manter o carro ligado.

Vazamento de água do ar-condicionado

Vazamento de água do ar-condicionado

Esse não é bem um problema, mas chama a atenção de muita gente pois acontece com todos os carros que possuem ar-condicionado. A água que vaza por debaixo do carro quando o sistema está ligado é fruto da condensação, que acaba se acumulando na parte externa das tubulações e escorrendo como água.

Como dissemos, esse é um comportamento normal, mas vale a pena ficar de olho quando existir muito acúmulo ou quando a água estiver vazando misturada com outros fluídos do carro, como óleo do motor por exemplo. Nesses casos, procure um mecânico assim que possível.

Aumente a vida útil do ar-condicionado, evitando para de gelar

Além dos cuidados que citamos acima enquanto abordávamos os diagnósticos, também é possível tomar algumas atitudes bastante simples que irão aumentar a vida útil do seu equipamento e garantir que eles irão gelar ainda por muito tempo.

Existem carros com bem mais de vinte anos em que o ar-condicionado ainda gela e não apresenta nenhum problema, portanto, basta seguir alguns cuidados:

  • Faça a limpeza do filtro do ar-condicionado regularmente;
  • Ligar o ar-condicionado diariamente (ainda que rapidamente) para ajudar na lubrificação do sistema;
  • Evitar ligar o ar-condicionado depois de deixar o carro muito tempo no sol.

Se você seguir essas dicas e também o nosso checklist para encontrar potenciais problemas, é bastante provável que seu ar-condicionado esteja sempre em dia e gelando direitinho.

Gostou do nosso post? Já teve algum problema com o ar-condicionado do carro não estar gelando direito? Conta pra gente nos comentários e até a próxima!

Summary
Review Date
Reviewed Item
Ar-condicionado não está gelando o carro? Entenda as causas do problema
Author Rating
51star1star1star1star1star
mm

Fábio Siqueira

Mecânico há mais de 25 anos, restaurador, colecionador e curioso pelo mundo automotivo e suas constantes evoluções. Apaixonado por carros e entusiasta desde criancinha.
mm